Biologia Estética: atuação inesperada para biólogo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

A Biologia Estética passou a ser uma realidade para os biólogos desde o final de 2020, quando a categoria foi habilitada pelo Conselho Federal de Biologia (CFBio) a exercer a profissão.

 

Deste período pra cá, muitos profissionais viram nisso uma oportunidade de mudarem suas vidas ou, até mesmo, de aumentarem suas rendas a partir da estética.

 

Como já vimos em alguns cases por aqui, trabalhar com saúde estética era um sonho que ocupava o segundo lugar na vida de biólogos, como a história da Dra. Patrícia.

 

Mas neste artigo, você conhecerá a trajetória do Dr. Guilherme Garcez Cunha, que é biólogo e, atualmente, pós-graduando em Biologia Estética, algo que foi inesperado em sua vida. 

 

Biologia Estética: inesperado, porém apaixonante

Para o Dr. Guilherme, até mesmo ser biólogo foi algo fora dos planos. Ele se formou numa universidade federal em biologia, um dos cursos no qual ele havia sido aprovado. Entretanto, seu sonho era cursar veterinária.

 

“A biologia era apenas um curso reserva enquanto eu esperava conseguir entrar na veterinária. Acontece que logo no primeiro semestre eu me apaixonei por biologia, me formei em 2010, finalizei o mestrado em 2013 e em 2020 concluí o doutorado”, diz. 

 

Atualmente, ele é funcionário público e trabalha na parte de licenciamento ambiental em Coronel Barros – RS. Sua vocação sempre foi voltada para proporcionar bem-estar para as pessoas, por isso, além de gostar de cuidar do meio ambiente, também foi cativado pela Estética. 

 

“Em ambas as áreas eu posso promover bem-estar para as pessoas, porque se o meio ambiente está indo bem, o mundo vai bem; e quanto a estética, cuidar da saúde e da autoestima de alguém é proporcionar uma melhor qualidade de vida também”, explica.

biologia estética

Como seu marido já é formado em Estética e Cosmetologia e atua em um espaço na sua cidade, quando o CFBio habilitou os biólogos na área, logo o Dr. Guilherme procurou se especializar em Estética e se unir, também, profissionalmente ao seu companheiro. 

 

“De forma inesperada, mais uma vez, em função da liberação do conselho no final do ano passado, eu decidi fazer minha pós em Biologia Estética. Além do meu marido trabalhar na área, eu fui impulsionado pela oportunidade de agregar mais funções e auxiliar as pessoas a elevarem sua autoestima”, revela o doutor.

 

Futuro na Biologia e na Estética

O plano é trabalhar junto com seu esposo e auxiliar na empreitada da estética. O Dr. Guilherme conta que finaliza sua pós em fevereiro de 2022, e ele e seu esposo pretendem ampliar o espaço de estética e transformá-lo em uma clínica futuramente.

 

O casal tem dois filhos, e aumentar a renda trabalhando com estética é o propósito deles para oferecer uma melhor estabilidade financeira para a família.

 

A ideia do biólogo é dividir sua jornada entre o licenciamento ambiental e o atendimento na estética. 

 

“Minha caminhada ainda é curta neste ramo, porém a biologia é muito interessante dentro dessa área. Eu tenho bastante conhecimento sobre várias coisas acerca do corpo humano, e algumas pessoas chegam a ter preconceito achando que o biólogo é voltado somente para algo específico, mas não é. A estética é um caminho super válido, uma profissão gratificante por deixar as pessoas mais felizes, além do excelente retorno financeiro”, ressalta o doutor. 

 

Dr. Guilherme destaca e aconselha que os biólogos precisam se informar mais sobre as áreas disponíveis para seguir carreira. “É uma área muito válida e uma trajetória super legal a ser feita, agregando serviços e valores”, finaliza. 

nepuga

Tenha acesso a todos os vídeos e conteúdos do nosso Curso Online

Matricule-se mais abaixo para continuar assistindo